Com a palavra, as treinadoras! Fortalecimento para idosos

Se você puder escolher, será um idoso ativo ou não?

É claro que sim, não é mesmo? Para isso uma das atividades imprescindíveis é o fortalecimento muscular.

Tarefas simples como levantar de uma cadeira, segurar uma sacola ou subir um lance de escada pode ser um trabalho muito pesado e às vezes necessário a ajuda de outra pessoa para realizar. Você se imagina tendo tais dificuldades? Pois é, a sarcopenia é uma das alterações importantes que podem surgir com o avanço da idade, e consiste em perda da massa muscular e da força, tendo influência direta na dependência funcional da vida diária do idoso.

As pessoas fisicamente inativas podem perder 3% a 5% da massa muscular a cada década de vida, a partir dos 30 anos de idade. A perda da massa muscular, e da força muscular, começa aos 45-50 anos de vida, e acelera após os 75 anos.

Além disso, a sarcopenia pode promover, consequentemente, uma aceleração de doenças articulares e osteoporose uma vez que a diminuição de massa magra influencia também na densidade óssea. Esta condição pode acarretar até em fraturas.

Nossa!!!! Quanta coisa, não é!? Mas os exercícios de força são bastante estudados e indicados como ferramenta não farmacológica para tratamento e prevenção da sarcopenia. Isso em razão de sua eficiência para o aprimoramento da força e da independência funcional do idoso.

 

Se não começou ainda, o que está esperando?

 

Por Vivian Santiago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *